Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis

Cidadania

Cidadania

 

Cidadania

 

            Como em certos países a maioria da população se considera cidadão se não fazem seu papel de cidadãos, no Brasil reclamam do governo e pouca gente cobra e um pequeno grupo sai às ruas em manifestações exigindo melhorias e indo contra as leis que prejudicarão o país, agora exemplo de cidadania é em países que todos cobram dos representantes e o país para se for preciso, realizando manifestações sobre todas as coisas.

            No Brasil a população reclama de tanta coisa feita pelos nossos representantes, mais se algum rouba do dinheiro do país, que por lógica pertence à população, ninguém faz nada, na próxima eleição esses políticos já vencem novamente, agora em muitos países se um político roubar, ele é morto ou recebe punições bastante severas, precisamos mudar esse pensamento do Brasil, se não concordamos com alguma coisa precisamos ir pra rua e reclama exigindo nossos direitos.

            Exemplo de Cidadania é o que esta acontecendo na França e na Itália, na França a população foi contra a reforma previdenciária, o país parou reivindicando contra o aumento de dois anos na aposentadoria das pessoas, enquanto no Brasil sempre que tem reforma previdenciária aumenta cinco anos na idade para se aposentar e ninguém faz nada, já na Itália houve greve dos ligeiros em uma região, a população saiu a rua e chegaram a fazer mutirão para recolher o lixo, na Europa eles fazem atividades para melhora o país.

            Como o Brasil pode querer ter um país digno e bom se a população não ajuda, cidadão de verdade é ser ativo nas melhorias para o país, só teremos um país que merece respeito se formos verdadeiros cidadãos, precisamos começa por cada pessoa para mudarmos o Brasil, do que esperar que comece dos nossos representante para mudarmos, Brasil precisamos ir a luta e mostra o que o nosso país realmente tem de bom. Vamos ser cidadãos de verdade e não essas imitações de Cidadãos que somos.

Paulo Vitor

 

 

 

Leia o texto de uma escritora Holandesa: http://paulovitorf.no.comunidades.net/index.php?pagina=1855746015